domingo, 25 de junho de 2017

É dia de TL quatro portas

Por muitos anos os carros com quatro portas no Brasil não foram muito bem aceitos pelo público que comprava automóveis. Em virtude disso, modelos com essas características eram bem menos comuns que os carros com duas portas, tornando-os relativamente raros em alguns modelos. O carro a ser mostrado hoje nos dias atuais é bem raro exatamente pelo baixo número de unidades vendidas. Se você já está me dando a honra da visita, não deixe de dar aquele like bacana na página do Facebook e de seguir o blog também. Desta maneira, você fica sabendo de tudo o que rola aqui no blog, visto que sempre há um post novo todos os dias. Os botões de curtir e seguir estão aqui a sua direita, bem rápidos e fáceis. Para seguir o blog é necessária apenas uma conta do Google, coisa que todo mundo tem hoje em dia. Além disso, a sua direita também há um botão para que você possa se inscrever em meu canal do Youtube, onde muitas novidades aparecerão em um futuro muito breve para somar com alguns vídeos que lá já existem. Clicando nesses botões e dando essa forcinha, você está prestigiando o blog de uma das melhores maneiras possíveis para que ele continue crescendo e mais pessoas possam conhecer todo o conteúdo que é postado aqui para todos aqueles que, assim como eu, são apaixonados pelo fantástico mundo do antigomobilismo com admiração pelo incrível universo dos Volkswagen refrigerados a ar.
Como vocês sabem, eu sempre curto carros que foram pouco vendidos, pouco produzidos ou até mesmo aqueles que, com o passar dos anos, sobraram poucas unidades rodando. Por esse motivo, quando esse vídeo apareceu nos meus sugeridos do Youtube eu não pensei duas vezes em postá-lo. Lá no primeiro parágrafo desse post eu disse que os carros com quatro portas aqui no Brasil não tinham uma boa aceitação no mercado em algumas décadas passadas. Isso muitas vezes se dava pelo preconceito e a falta de costume do brasileiro para com essa configuração. A Volkswagen aqui no Brasil tentou emplacar alguns modelos com quatro portas nos anos 60 e 70, mas nessa época infelizmente nenhum deles vingou como os modelos até então convencionais. Eram eles o VW 1600, conhecido popularmente como Zé do Caixão, a Brasília quatro portas e a TL quatro portas, modelo a ser mostrado no post de hoje.
Os vídeos que vocês veem ao final do post foram achados por mim hoje no Youtube. Nele, vocês veem uma bela TL quatro portas, configuração rara do carrinho. No primeiro, há uma visão ao estilo 360 graus no carro, e no segundo um breve teste do carrinho na Rodovia Raposo Tavares (ao que me parece) mostrando toda a saúde do motor 1600 com dupla carburação na configuração de "motor plano".
Veja:




5 comentários:

  1. Muito legal!!!! Esses VWs eram muito feras. Aprendi a dirigir aos 11 anos de idade em uma Variant 1972. Esse painel me é muuuuito familiar, muito embora o revestimento preto superior tenha sido substituído neste TL. Mas o carro tá muito íntegro mesmo. E é realmente o que foi dito: naquela época o modelo 4 portas era rejeitado pelo mercado. Parabéns Kanduxo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A linha VW a ar com configuração de "motor plano" tinha algumas modificações muito interessantes que tornam o carro um pouco mais acertado de dirigir que o simpático Fusquinha. Quanto ao revestimento, de fato, o original seria preto, com uma configuração bastante próxima aos Fuscão 1500 da mesma época. Acredito eu que nesse exemplar o proprietário tenha tentado fazer uma alusão à uma forração caramelo que foi disponibilizada nos Fuscas na mesma época e que hoje é bastante incomum de ser vista. Muito obrigado pelo prestígio, amigo Massad!

      Excluir
  2. E essa TL além de estar andando muito é silenciosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim. Geralmente os escapamentos originais de Fuscas e derivados aliados as taxas de compressão baixas originais trazem um ronco bem mais baixo. O desempenho dessa TL é exatamente o que se espera de um 1600 bem regulado. Dá gosto de ver.

      Excluir
    2. Com certeza, até eu que não sou lá muito chegado na família tipo 3 da Volks gostei de ver ela andando.

      Excluir

Seu comentário é muito bem vindo!