sábado, 10 de junho de 2017

Alguns pontos de possíveis vazamentos em motores VW a ar

O post de hoje vai totalmente contra ao pensamento de muita gente que desconhece o Fusquinha ou até mesmo mecânicos que não estão dispostos a mexer em um quando dizem que "Fusca sempre vaza um pouquinho". Por meio de um vídeo bastante didático, você vai conhecer a maioria dos possíveis pontos de vazamentos que um conjunto mecânico VW a ar pode apresentar e como você pode saná-los com pouco investimento. Se você já está me dando a honra da visita, não deixe de dar aquele like bacana na página do Facebook e de seguir o blog também. Desta maneira, você fica sabendo de tudo o que rola aqui no blog, visto que sempre há um post novo todos os dias. Os botões de curtir e seguir estão aqui a sua direita, bem rápidos e fáceis. Para seguir o blog é necessária apenas uma conta do Google, coisa que todo mundo tem hoje em dia. Além disso, a sua direita também há um botão para que você possa se inscrever em meu canal do Youtube, onde muitas novidades aparecerão em um futuro muito breve para somar com alguns vídeos que lá já existem. Clicando nesses botões e dando essa forcinha, você está prestigiando o blog de uma das melhores maneiras possíveis para que ele continue crescendo e mais pessoas possam conhecer todo o conteúdo que é postado aqui para todos aqueles que, assim como eu, são apaixonados pelo fantástico mundo do antigomobilismo com admiração pelo incrível universo dos Volkswagen refrigerados a ar.
Vazamentos de óleo geralmente são um grande tormento para quem os tem. Chegar na garagem de manhã e ver uma mancha preta no piso é algo muito desagradável e que na maioria das vezes promove inúmeras discussões, principalmente com quem limpa o piso. Algumas pessoas erroneamente deixam esses vazamentos acontecerem muitas vezes pelo fato do vazamento ser grande, mas nesses problemas o efeito dominó é muito comum, ou seja, conforme o tempo passa, maior será a dimensão do problema. No post de hoje alguns possíveis pontos de vazamentos serão abordados e você entenderá a solução de todos eles.
O vídeo que aparece ao final do post vem lá do canal do Youtube do meu amigo Leandro Coelho. Quem acessa o blog há mais tempo sabe que eu admiro muito o trabalho que ele desempenha no Youtube em seu Fusca e também nos outros carros (como a sua impecável Saveiro quadrada. Se você curte a linha quadrada da VW, não deixe de passar pelo canal dele!). Neste vídeo, o Leandro mostra alguns pontos de vazamentos comuns e o quão podem ser simples seus consertos, como com alguns reapertos. Três outros pontos que, ainda que incomuns, também podem apresentar um leve vazamento são na cebolinha do óleo, no parafuso que "tampa" o orifício na carcaça do motor que aloja o regulador de pressão de óleo e também com o ressecamento do anel presente no eixo do distribuidor. Mas esses vazamentos são visíveis e também super simples de serem resolvidos.
Veja:


3 comentários:

  1. Esse é o motor de Fusca mais limpo que eu já vi.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Leandro é um cara muito caprichoso. A retífica desse motor foi feita por profissionais muito conceituados e a qualidade das peças é excelente...o resultado é excepcional!

      Excluir
    2. Está impecável o motor do carro dele.

      Excluir

Seu comentário é muito bem vindo!