domingo, 12 de março de 2017

Variant 1972 - Roberto Quintanilha: Um exemplo de originalidade

Quando eu disse há alguns dias que apareceriam algumas Variant aqui no blog nessa semana, nem eu imaginava que seriam tantas e que todos os exemplares fossem tão interessantes. Portanto, para fechar a semana com chave de ouro, vai mais uma Variant que com certeza vocês irão adorar. Se você já está me dando a honra da visita, não deixe de dar aquele like bacana na página do Facebook e de seguir o blog também. Desta maneira, você fica sabendo de tudo o que rola aqui no blog, visto que sempre há um post novo todos os dias. Os botões de curtir e seguir estão aqui a sua direita, bem rápidos e fáceis. Para seguir o blog é necessária apenas uma conta do Google, coisa que todo mundo tem hoje em dia. Clicando nesses botões e dando essa forcinha, você está prestigiando o blog de uma das melhores maneiras possíveis para que ele continue crescendo e mais pessoas conheçam todo o conteúdo que é postado aqui para pessoas que, assim como eu, são apaixonadas pelo fantástico mundo do antigomobilismo com foco nos Volskwagen refrigerados a ar.
Durante esses cinco anos de página e pouco mais de 600 posts, já apareceram carros de todas as épocas e de todos os estilos. Já mostrei um Fusca dos anos 50 que roda diariamente até hoje, carros com baixíssimas quilometragens, carros zero quilômetro e muitos outros exemplares que puderam abrilhantar o blog. No entanto, eu sempre disse que existem alguns VW a ar que raramente aparecem, e um deles é a Variant. Essa semana, particularmente, correu de maneira muito diferente nesse aspecto. Coincidentemente, consegui mostrar duas Variant muito bacanas, como a 1974 azul rebaixada que vocês viram e a 1972 recém adquirida pelo meu amigo Fernando do canal #FuscaFilmador. Se vocês observarem esses dois modelos, verão que o primeiro recebeu modificações de suspensão e outros acessórios, já a última tem um bom veneno no motor e uma identidade muito forte. Para fechar a semana e essa sequência simplesmente fantástica de Variant, hoje é dia de mostrar um exemplar que abre mão das modificações para mostrar sua beleza vinda da fábrica recheada com a maior virtude que um carro antigo pode ter: A simplicidade.
Essa Variant 1972 maravilhosa que vocês veem ao final do post pertence ao meu amigo Roberto Quintanilha. Não, se você já segue o blog esse nome não é estranho. Há algum tempo atrás, o Roberto me permitiu escrever dois posts sobre a Brasília que ele possuía e, posteriormente, fotos do início do projeto do Fusca que ele tinha acabado de adquirir. Como se não bastasse, nessa semana o Roberto me contatou e me mostrou a mais nova aquisição da casa: Essa Variant.
A história desse carro é bem interessante e é até bem comum quando falamos de carros antigos bem originais. Esse carro, segundo o Quintanilha, pertenceu a um sanfoneiro que, depois de muita música e satisfações com o carro, o vendeu para uma senhora que a possuiu até o final de sua vida. Posteriormente, esse carro foi vendido a mais uma pessoa até que o Roberto pôde comprar essa joia. Esse clássico ainda conserva 70.000 km originais e diversos detalhes interessantes, como a pintura original amarelo colonial, cor característica da década de 70, bancos originais e inúmeras peças em estado de novas. Para a sonorização, o clássico Motoradio 3 faixas para que os passeios tenham um áudio mais do que nostálgico. O motor segue a receita mais acertada possível, 1600 com dupla carburação.
O próximo carro do Roberto que deve aparecer por aqui é um Fuscão 1500. Com certeza estaremos no aguardo.
Este carro está muito bonito e é, sem dúvidas, uma das Variant mais bonitas que já postei.
Veja:





Quero agradecer o Roberto por ter enviado as fotos!
E assim fecha-se mais uma semana no blog com um exemplar que dispensa comentários.
Quer ver seu carro aqui no blog? Me mande um e-mail.

3 comentários:

  1. Essa tem até o quebra-vento no vidro traseiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um dos acessórios mais bonitos que uma Variant pode ter.

      Excluir
    2. E práticos também, pois alivia bastante em dias de calor.

      Excluir

Seu comentário é muito bem vindo!