sexta-feira, 31 de março de 2017

Conhecendo em detalhes o Volkswagen SP2

Muita gente que acessa o blog regularmente deve estar se perguntando o porque de os posts estarem entrando, na maioria dos últimos dias, de forma atrasada aqui no blog. Pois bem, o meu tempo nos últimos dias anda bastante curto e até para escrever posts está complicado. Mas saibam, mesmo que um pouco mais tarde, sempre busco escrever algo aqui para vocês. Se você já está me dando a honra da visita, não deixe de dar aquele like bacana na página do Facebook e de seguir o blog também. Desta maneira, você fica sabendo de tudo o que rola aqui no blog, visto que sempre há um post novo todos os dias. Para seguir o blog é necessária apenas uma conta do Google, coisa que todo mundo tem hoje em dia. Além disso, a sua direita também existe um botão para que você se inscreva em meu canal do Youtube, onde aparecerão algumas novidades em um futuro muito próximo. Clicando nesses botões e dando essa forcinha, você está prestigiando o blog de uma das melhores maneiras possíveis para que ele continue crescendo e mais pessoas possam conhecer todo o conteúdo que é postado aqui para todos aqueles que, como eu, são apaixonados pelo fantástico mundo do antigomobilismo e com admiração pelo fantástico universo que envolve todos os Volkswagen refrigerados a ar, produzidos em uma época de ouro da história da montadora alemã.
Pois bem, eu poderia começar o post de hoje falando novamente a versatilidade da plataforma do Fusca, como já fiz em diversas outras ocasiões. Mas nessa noite de sexta feira quero fazer um pouco diferente e abordar um ponto em especial desse projeto que tanto me encanta por sua diversidade: O conjunto mecânico. Todo mundo que gosta dos Volkswagen refrigerados a ar sabe que a concepção do projeto do motor do Fusca é antiga, lá dos anos 30. Com o passar das décadas, muitas pequenas mudanças fizeram desse motor uma máquina capaz de equipar diversos modelos. No clássico a ser tratado no post de hoje, é clara a criatividade (ainda que tenha vindo de uma abordagem relativamente simplista para a categoria do automóvel) que a engenharia da Volkswagen teve ao trazer esse carrinho tão simpático ao nosso mercado em 1972.
O vídeo que vocês veem ao final do post vem lá do canal do Bellote, que todo mundo já conhece faz bastante tempo e por diversas vezes eu já citei a minha admiração. Nele, vocês podem ver um belíssimo SP2 1973 branco com apenas 33.000 km originais percorridos por uma única dona em detalhes. O carro além de totalmente original ainda conta com um estado de conservação acima da média. Para quem não conhece a mecânica que esse carrinho genuinamente brasileiro conta, eu falo de maneira bem breve: O motor é boxer, como o do Fusca, mas com 1700cc de cilindrada, uma dupla carburação Solex com bases de 34mm e outras vantagens cabíveis ao motor boxer em configuração plana, como nas Variant por exemplo. Além disso, este foi um dos primeiros VW a ar a contar com o famoso câmbio 8x31, usado posteriormente nos Fuscas 1600.
Veja:


7 comentários:

  1. Simplesmente linda a matéria. Meu sonho de consumo, amigo Jordan. Parabéns!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse carro é lindo demais. Muito obrigado, meu amigo!

      Excluir
  2. Um SP 2 1973 com a grade prateada do escapamento exclusiva do 1972, se bem que, temos de levar em consideração que até meados da década de 90 a Volks não trabalhava de forma 100% "fechada", logo, exceções poderiam ocorrer. Mas enfim... esse SP 2 saiu numa das edições de Fusca & Cia e a dona na época já era uma senhora de quase seus 70 anos, mas quem cuida do carro é o filho dela que deve ter quase 40 anos hoje, a curiosidade do carro é o fato de pertencer a uma senhora, ainda mais sendo um SP 2.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O perfil da proprietária impressiona com as características do carro, de certa forma..hehehe Se bem que existe a possibilidade do marido ter escolhido o carro junto ou algo do gênero.

      Excluir
    2. E se eu não me engano, na revista ela disse que antes teve um Karmann Ghia.

      Excluir
    3. Então os esportivos VW a ar já eram a praia dela.

      Excluir
    4. Sim, ela disse que já teve outros carros esportivos.

      Excluir

Seu comentário é muito bem vindo!