domingo, 26 de março de 2017

É hora do banho!

O domingo geralmente é o único dia da semana que a grande maioria das pessoas tem para lavar o carro. Pois bem, nesse domingo em que eu não lavei o Sentra e ele se encontra cheio de poeira, trago uma imagem que pode se encaixar com a realidade de muita gente e, acima de tudo, com o passado de muitos dos amigos seguidores. Se você já está me dando a honra da visita, não deixe de dar aquele like bacana na página do Facebook e de seguir o blog também. Desta maneira, você fica sabendo de tudo o que rola aqui no blog, visto que sempre há um post novo todos os dias. Os botões de curtir e seguir o blog estão aqui a sua direita, bem rápidos e fáceis. Para seguir o blog é necessária apenas uma conta do Google, coisa que todo mundo tem hoje em dia. Além disso, também a sua direita também há um botão para que você possa se inscrever em meu canal do Youtube, onde muitas novidades aparecerão em um futuro muito breve. Clicando nesses botões e dando essa forcinha, você está prestigiando o blog de uma das melhores maneiras possíveis para que ele continue crescendo e mais pessoas possam conhecer todo o conteúdo que é postado aqui para todos aqueles que, assim como eu, são apaixonados pelo fantástico mundo do antigomobilismo com uma grande admiração pelo incrível universo dos Volkswagen refrigerados a ar.
Como eu disse lá no início, a imagem de hoje consegue conciliar a memória de muita gente e também nos faz lembrar de um momento muito importante da história de nossa indústria automobilística. Se alguém me perguntar se eu tenho lembranças de lavagens de carro quando criança, eu sem dúvidas responderia que sim. Lembro-me que quando eu era bem pequeno, morava no centro de São Paulo e em quase todos os finais de semana eu descia do prédio com meu pai e nós lavávamos o carro em um estacionamento do prédio vizinho. Essa é uma memória muito viva que tenho na mente e com certeza muitos de vocês podem se lembrar de algo parecido.
Essa imagem que vocês veem ao final do post foi salva por mim hoje pela manhã, tanto que a compartilhei no meu Facebook pessoal. Nela, vocês veem um dos inúmeros Fusquinhas que serviram a antiga Telesp nos anos 80 sendo lavado por um funcionário. Algo interessante é que a maioria (se não a totalidade) desses carros era movida a álcool, combustível que era uma grande novidade no país na época.
Com certeza é uma imagem mais do que nostálgica e que mostra como as coisas funcionavam no passado.
Veja:


5 comentários:

  1. Esses Fuscas da TELESP fazem parte da minha infância.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses carros são protagonistas de muitas histórias!

      Excluir
    2. Consegui salvar não só essa, mas outras 3 fotos dos Fuscas da Telesp aqui no meu notebook.

      Excluir
    3. Eu tenho outras guardadas para alguns posts futuros...hehehe

      Excluir

Seu comentário é muito bem vindo!