quinta-feira, 13 de abril de 2017

Instalando mangas de eixo deslocadas na suspensão de pivôs do Fusca

Para quem curte carros um pouquinho mais baixos que a altura original, com certeza esse post pode ajudar na montagem de seu projeto. Se você já está me dando a honra da visita, não deixe de dar aquele like bacana na página do Facebook e de seguir o blog também. Desta maneira, você fica sabendo de tudo o que rola aqui no blog, visto que sempre há um post novo todos os dias. Os botões de curtir e seguir estão aqui a sua direita, bem rápidos e fáceis. Para seguir o blog é necessária apenas uma conta do Google, coisa que todo mundo tem hoje em dia. Além disso, a sua direita também há um botão para que você possa se inscrever em meu canal do Youtube, onde muitas novidades aparecerão em um futuro muito breve para somar com alguns vídeos que lá já existem. Clicando nesses botões e dando essa forcinha, você está prestigiando o blog de uma das melhores maneiras possíveis para que ele continue crescendo e mais pessoas possam conhecer todo o conteúdo que é postado aqui para todos aqueles que, assim como eu, são apaixonados pelo fantástico mundo do antigomobilismo com admiração pelo incrível universo dos Volkswagen refrigerados a ar.
No post de ontem eu disse aqui que uma das coisas mais bacanas que existem no mundo do antigomobilismo é a diversidade. No mesmo modelo de carro, seja ele produzido na mesma época ou não, nós conseguimos ver exemplares montados nos mais diversos estilos satisfazendo tudo quanto é tipo de dono que um clássico pode ter. O Fusca, em especial, é um carrinho que permite isso em virtude da versatilidade de sua plataforma, permitindo que montemos carros de acordo com o nosso gosto.
Uma das modificações que muita gente procura não só no universo dos antigos mas em vários carros é o rebaixamento. Eu particularmente não curto tanto, gosto bastante de carros originais, mas um Fusca levemente rebaixado fica harmonioso ao meu ver. Para que a distância entre o chão e a carroceria num Fusca diminua existem inúmeros métodos, e hoje falaremos um pouquinho do mais simples e que, pelo menos na minha opinião, é o mais sensato de ser feito.
O modo a ser dito hoje é do rebaixamento por meio da troca das mangas de eixo. Esse procedimento não requer nenhuma alteração no quadro da suspensão ou no feixe de molas dianteiro, o que o torna mais simples e que menos influi na questão estrutural do carro, o que geralmente é o mais crítico. As mangas rebaixadas (também conhecidas como mangas deslocadas) são projetadas para que o carro geralmente perca algo como 6cm de altura. Isso se deve pelo fato da ponta de eixo ter um deslocamento "para cima" no desenho da manga em relação a peça original. Dessa maneira, tem-se a suspensão montada como se fosse original, mas perdendo um pouco da altura sem alterar o curso original da suspensão dianteira, fazendo com que não se perca o conforto.
Para casos que o deslocamento na altura dessas mangas não seja o desejado, isso ainda pode ser compensado (tanto para cima como para baixo) com amortecedores com regulagem de altura, como veremos na abordagem de hoje.
O vídeo que vocês veem ao final desse post vem lá do canal do Tonella. Por inúmeras vezes eu já disse aqui que admiro e muito o trabalho dele, em virtude de ser um profissional humilde, didático e que se mostra muito capacitado todas as vezes que desempenha um serviço. Nele, ele mostra a instalação de mangas deslocadas e amortecedores reguláveis no "Fusca Espetacular", um belíssimo besouro que já passou algumas vezes por suas mãos e que foi montado com muito capricho.
Nessa abordagem, a instalação das mangas (que hoje em dia são componentes fabricados por muita gente, então você pode escolher a manga de sua preferência) é feita numa suspensão de pivôs, ou seja, a suspensão dos Fusquinhas mais modernos. Daqui uns dias tratei um post da instalação de mangas nessa configuração para a suspensão de embuchamento. O vídeo de hoje dispensa quaisquer legendas e é super didático.
Veja:


3 comentários:

  1. Se os Fuscas, tanto com suspensão de pivô como de embuchamento ficarem na altura desse com as mangas rebaixadas, está ótimo, aliás, fiz uma pergunta para o Tonella na página do vídeo, pois a minha dúvida é se o Fusca ficou nessa altura por causa das mangas de eixo, ou porque ele mexeu na catraca para deixar assim??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo que deu para ver da altura do carro antes da colocação das mangas, a catraca estava ajustada de modo que o carro ficasse mais alto. Dessa maneira, a altura final é essa somente em virtude das mangas.

      Excluir
    2. Se for isso, a altura do Fusca ficou ótima.

      Excluir

Seu comentário é muito bem vindo!