quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Um Fuscão 1500 de muita personalidade

Todas as vezes que eu me deparo com um projeto de um carro antigo, sempre observo o critério e o capricho que ele foi desempenhado. Vendo que o projeto foi bem executado, qualquer antigomobilista vai enxergar o carro com bons olhos por mais que não seja adepto as ideias aplicadas. Como vocês sabem, eu curto muito carros bem originais, mas o exemplar que aparece no post de hoje me agradou bastante. Se você já está me dando a honra da visita, não deixe de dar aquele like bacana na página do Facebook e de seguir o blog também. Desta maneira, você fica sabendo de tudo o que rola aqui no blog, visto que sempre há um post novo todos os dias. Os botões de curtir e seguir estão aqui a sua direita, bem rápidos e fáceis. Para seguir o blog é necessária apenas uma conta do Google, coisa que todo mundo tem hoje em dia. Além disso, a sua direita também há um botão para que você possa se inscrever em meu canal do Youtube, onde muitas novidades aparecerão em um futuro muito breve para somar com alguns vídeos que lá já existem. Clicando nesses botões e dando essa forcinha, você está prestigiando o blog de uma das melhores maneiras possíveis para que ele continue crescendo e mais pessoas possam conhecer todo o conteúdo que é postado aqui para todos aqueles que, assim como eu, são apaixonados pelo fantástico mundo do antigomobilismo com admiração pelo incrível universo dos Volkswagen refrigerados a ar. 
Nos mais de 700 posts já publicados aqui no blog vocês já viram Fuscas de todas as épocas e em todos os estilos. Após esses anos, já tive o prazer de mostrar Fuscas de 1953 e 2003 e, por mais que muitos carros já tenham passado por aqui, todos são recebidos com aquele bom e velho sentimento de como se fosse a primeira vez que um Fusquinha aparece aqui. No post de hoje você verá um clássico dos anos 70 que mescla estilos que resultaram no gosto do dono.
O vídeo que vocês veem ao final do post foi publicado no Youtube pela Rust Garage. Nele, João Maurício mostra seu belíssimo Fuscão 1500 1972. Este carro me chamou bastante a atenção pelo casamento de peças que o tornou único, como todo o aspecto original aliado à algumas peças vindas do Porsche, como as rodas e os faróis. Além disso, o interior vermelho turim (que, juntamente ao marrom café e ao preto me agrada MUITO nesses modelos) casou muito bem com o branco lótus. Além disso, todo o aspecto clássico conjugado ao esportivo conseguiu conciliar um pouco da originalidade mantendo o motor na cilindrada da fábrica. Ainda que eu não curta carros rebaixados, o conjunto rodas/suspensão ficou bem legal.
Veja:


7 comentários:

  1. Projeto bacana! Sou fiel ao modelo ORIGINAL, porém esse modelo ficou bacana! Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É exatamente por aí, meu caro. Eu também sou um grande adepto as características originais, mas esse carro foi montado com muito capricho, o que gera bons olhos aos projeto.

      Excluir
  2. Gostei desse Fusca, só que pelo que eu saiba, tapeçaria vermelha saiu em 1973 e mesmo assim só para os Fuscas branco lótus em 1972 eu pelo menos não tenho conhecimento de Fusca com tapeçaria vermelha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu não me engano houveram sim alguns exemplares com o interior vermelho turim em alguns modelos mais antigos, ainda com os paralamas "olho de boi". Eu li um artigo que falava sobre, vou até procurar de novo para ver se não estou enganado...

      Excluir
    2. Dessa eu não sabia, cada vez mais o universo refrigerado a ar surpreende.

      Excluir
    3. Fui atrás do artigo e o encontrei: De fato eu estava equivocado. O interior vermelho turim saiu só em 1973 nos branco lótus. Creio eu que confundi com o interior caramelo.
      Nesse artigo tudo é bem detalhado: http://piritubafuscaclub.com.br/interior-do-fuscao-1500-fabricados-de-1970-a-1973/

      Excluir

Seu comentário é muito bem vindo!